sábado, 26 de julho de 2014

Vinho novo em odres velhos


"Ninguém deita remendo de pano novo em roupa velha, porque semelhante remendo rompe a roupa, e faz-se maior a rotura. Nem se deita vinho novo em odres velhos; aliás rompem-se os odres, e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se; mas deita-se vinho novo em odres novos, e assim ambos se conservam". (Mateus 09:16-17)

A vinda de Jesus introduziu uma nova época no relacionamento de Deus para com os homens. Chegou a hora de deixar para trás não só a velha religião, mas o velho homem e as velhas idéias sobre Deus

Jesus não rejeitou a caridade, a oração e o jejum em si (Mateus 06:01-18), mas atos feitos por motivos errados. A Lei de Moisés devia ser cumprida (Mateus 05:17), porém ela tinha um propósito maior que poderia alterar de forma surpreendente o que seria seu legítimo cumprimento.

"Naquele tempo passou Jesus pelas searas, em um sábado; e os seus discípulos, tendo fome, começaram a colher espigas, e a comer. E os fariseus, vendo isto, disseram-lhe: Eis que os teus discípulos fazem o que não é lícito fazer num sábado. Ele, porém, lhes disse: Não tendes lido o que fez Davi, quando teve fome, ele e os que com ele estavam? Como entrou na casa de Deus, e comeu os pães da proposição, que não lhe era lícito comer, nem aos que com ele estavam, mas só aos sacerdotes? Ou não tendes lido na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa? Pois eu vos digo que está aqui quem é maior do que o templo. Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício, não condenaríeis os inocentes. Porque o Filho do homem até do sábado é Senhor. E, partindo dali, chegou à sinagoga deles. E, estava ali um homem que tinha uma das mãos mirrada; e eles, para o acusarem, o interrogaram, dizendo: É lícito curar nos sábados? E ele lhes disse: Qual dentre vós será o homem que tendo uma ovelha, se num sábado ela cair numa cova, não lançará mão dela, e a levantará? Pois, quanto mais vale um homem do que uma ovelha? É, por conseqüência, lícito fazer bem nos sábados. Então disse àquele homem: Estende a tua mão. E ele a estendeu, e ficou sã como a outra". (Mateus 12:01-14); "E disse-lhes: O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do sábado". (Marcos 02:27). 


Podemos ser fiéis às formas e preservar todos os padrões, e ainda assim adorar a Deus totalmente em vão: "Hipócritas, bem profetizou Isaías a vosso respeito, dizendo: Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim. Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens". (Mateus 15:07-09). Jesus nos ensinou que formas e padrões são sagrados somente na medida em que conservam o propósito original de Deus. Jesus veio chamar o povo a dedicar a Deus o que Ele mais quer – nossos corações. 

Qual a bagagem que nós precisamos deixar? Você já examinou o tecido da sua fé? Às vezes ele contém pedaços muito queridos do passado, dos nossos pais e avós e líderes espirituais. É justamente o apego a estes remendos que acaba enfraquecendo o pano novo que Jesus quer costurar em nossas vidas. A única vida que vale é aquela que é cem por cento Jesus! Jesus em nosso atos. Jesus em nossas palavras. E, acima de tudo – Jesus em nossos corações. Jesus mexe e transforma. 

Você pode estranhar as mudanças no começo, mas quando Jesus tiver concluído você vai adorar. Pois quando Ele terminar, você será o que foi criado para ser – uma nova criatura. Que Jesus possa encher completamente o seu coração e sua vida. Basta você O convidar, pois Ele já está à porta.

Em Cristo,
Itamar Carrijo


Nenhum comentário:

Postar um comentário