sexta-feira, 31 de maio de 2013

COMO CALAR O ACUSADOR

Todos, de uma forma ou de outra, passaremos por provas terríveis, financeiras, sentimentais e espirituais. Mas há algumas lições que podemos aprender com a acusação.

Satanás examina cinco coisas a respeito de . Assim, faz a cada um de nós. Estamos na mira do diabo e ele sempre está atento para ver as nossas fraquezas e nos acusar diante de Deus e encontrar brechas para atacar. "Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;" (1 Pedro 05:08)

1 - O diabo está observando!
Satanás inspeciona a conduta de
- Ele sabia tudo sobre e sua vida pessoal.
- Ele estudava seus hábitos. Sentar, levantar, falar.
- Ele ouvia as palavras que falava.
- Ele sabia como ele se conduzia vinte e quatro horas por dia.

2 - Como você tem tratado tua família, tempo, carinho,paciência ? O diabo está olhando!
Satanás aprendeu tudo sobre a família de .
- Ele via como agia em sua casa e fora dela. Filhos, esposa, trabalho.
- Ele conhecia os relacionamentos de e sua família. Brigas, discussões, tom de voz.
- Como ele tratava seus familiares.

3 - Dízimos, ofertas. O diabo tá de olho! Seu carro, cor, ano. Qual velocidade dirige, respeito no trânsito etc.
Satanás fez um estudo detalhado das posses de .
- Ele sabia de tudo o que possuía: quanto ouro, quanta prata, quantos animais, quanta terra etc...

4 - Mulheres, relaxo, indiferença, dinheiro. 
Satanás estava atento ao trabalho de .
- “A obra de suas mãos abençoastes
- Ele sabe como você reage às pressões do trabalho.
- Ele também está trabalhando enquanto você está trabalhando.
- Ele conhece tua obra ministerial.
- Ele tenta te amarrar.

5 - Mentiras, fofoca, crítica, murmuração, conflitos, rebeldia. Isso ajuda satanás.
Satanás observa a influência social de .
- O testemunho fala mais alto que as palavras.
- Os compromissos financeiros, os bens, quanto gasta e investe.
- A palavra. Sim sim , não não.

Para que você seja realmente feliz, aprenda a se conhecer. Pois o diabo vai usar de tudo para te pegar. Não acredite em tudo o que falam a seu respeito. Não se deixe impressionar com falsos elogios, nem com críticas infundadas. Seja você! Descubra o que tem de bom em sua intimidade e valorize-se. Ninguém melhor do que você para saber o que se passa na sua alma. 

Procure estar bem com a sua consciência, sem a neurose de querer agradar os outros, pois os outros nem sempre dão valor aos seus esforços. A leitura da Bíblia Sagrada e uma simples oração com Deus são excelentes ferramentas de ajuda. Mergulhar nas profundezas da própria alma em busca de si mesmo é uma arte que merece atenção e dedicação. Quando a pessoa se conhece, podem emitir dela as opiniões mais contraditórias que ela não se deixa impressionar, nem iludir, pois sabe da sua realidade. 

Por vezes, somos invadidos por mentiras e acusações sobre algo que não fizemos e não praticamos vindas da família, pessoas próximas e até intimas demais. Choramos muito, numa provação bem dentro de outra provação. Acusações do tipo: “Foi você e pronto, seu mentiroso, cala essa boca, nem deveria abrir essa boca maldita para se defender”.

Devemos levar em conta que para ouvir isso do acusador ele deve ser puro, caso contrario, a opinião de alguém só deve fazer sentido e ter peso, se esse alguém estiver realmente interessado na sua felicidade e no seu bem-estar. Nenhuma opinião que emitam sobre você, deve derruba-lo. Da mesma forma, os elogios levianos não acrescentam nada além do que você é, e as críticas negativas não tornarão você pior. 

Busque sempre a Deus, pois se o acusador for verdadeiramente de Deus, nunca vai julga-lo e sim pedir direção a Deus. Esposa que é esposa não julga, não acusa. Ora. Amigo que é amigo, irmão que é irmão, nunca aponta o dedo diante de histórias que alguém contou. 

Mas lembre-se: seja exigente para consigo, e indulgente para com os outros. Eis uma fórmula segura para que você encontre a confiança e a segurança necessárias ao seu bem-estar efetivo. E jamais esqueça que a verdadeira elegância é a do caráter, que procede da alma justa e nobre. Pense nisso, e liberte-se do jugo da opinião dos outros.

Adaptação: Cegueira Espiritual

Em Cristo,
Itamar Carrijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário